20/09/2009

Suerte

Ganhei a bonequinha da sorte da Ana, lá do Pelos Caminhos da Vida e quem gostou fique a vontade para levar.



Isso me lembrou que quando estive na Argentina observei que alguns se despedem dos outros assim, desejando "suerte".

Achei engraçado na verdade, porque nunca acreditei nisso de boa ou má sorte.

Acredito mesmo que sorte é o conhecimento que encontra a oportunidade. Acredito em disposição para correr atrás e chegar a resultados. Que seja bom ou ruim é só consequência.

Acho que acreditar em sorte nos exime do fracasso, que é nosso. Então não tivemos uma promoção no trabalho porque nos faltou sorte? E se você recebeu a tal promoção no seu trabalho, então significaria que você somente teve sorte, não trabalhou muito duro para que isso acontecesse?

É como se dissessemos à Santos Dumont: puxa, que sorte você teve em conseguir voar! Ou ao Schumacher: muita sorte você ter chegado em primeiro! Ou ainda que Thomas Edison teve muita sorte com tudo aquilo.

Mas com todo esse discurso também não consigo resposta para muitas coisas.

Como explicar então os ganhadores da mega-sena? Não se pode dizer que ali houve a conjunção do conhecimento com a oportunidade...

A menos que o jogador tenha feito uso da lei das probabilidades... e ainda assim... porque ele e não eu???

15 contracenaram:

Carla Martins disse...

Nossa, que louco! Eu fiquei 9 dias na argentina e não lembro desse lance de "suerte".

Sábado eu fui na Liberdade e vi um monte dessas bonecas pra vender.....fiquei louca pra ter umas três na minha sala. Mas me segurei...hauhauahuahuauha

Beijos!

Dri Viaro disse...

Uma semana cheia de coisas boas pra vc
bjs

Marisete Zanon disse...

Mas...e vc joga? hahahaah!!! Gracias pela visita aos Estranhos, seja sempre bem vinda!!!
esmaques!

Taís disse...

Hummm Marisete, esqueci desse pequeno detalhe... eu não jogo mesmo não hehehe
Seja vc tb bem vinda ao Scene!
Bjos

Carla Martins disse...

Tem presente pra vc no meu blog!!! Passa lá pra pegar! :)

Beijos!

Flavio Ferrari disse...

Bem, se você não jogar, não vai ganhar.
E se jogar sempre, vai perder mais do que ganhar.
Fora disso, acho que pode chamar essa incidência de uma puta sorte mesmo !

Jullyane disse...

Eu acredito em sorte, sim. Não é que vc vá cruzar os braços e esperar só pela sorte, mas em alguns momentos contar com ela é gratificante!

Beeeijos

Conde Vlad Drakuléa disse...

Querida Taís! Bonjour! Eu creio pessoalmente, que sorte seja a canalização de nosso pensamento, de forma positiva, em direção a algum objetivo específico... Certo, algumas vezes podemos receber alguma ajuda da Providência Divina quando jogamos na loteria, mas na maioria das vezes isso infelizmente não ocorre, hoiheeueuueheuhe, grandes beijocas novas, até breve! :*

Conde Vlad Drakuléa disse...

PS - Adorei a boneca e hoje ainda irei colocá-la no castelo.... Suerte!!!!!!!! ^^

Juliana David disse...

É... muito de nossas conquistas são meramente resultado de nosso esforço, outras são uma junção de sorte com determinação. Agora outras são meramente sorte, como ganhar na loteria. A não ser que seja como certos políticos que para justificarem ganhos ilícitos ganham na loteria várias vezes. Isso realmente não é sorte, nem determinação, é safadeza.

Beijão.

trovador disse...

Destino?

:P

Preciso escrever minha concepção de destino e postar...

Mta gente discorda, mas eu adoro falar sobre :P

Ah, então vc fica curtindo na argentina então...

hehehe

Saudades de ti
:*

Au revoir

Pelos caminhos da vida. disse...

Tem presente lá no blog pra vc.

Uma linda semana.

beijooo

R.Vinicius disse...

Oi. Quanto tempo! Não acredito em sorte (mas em chances). Como você está? Novidades? Abraço.

Tyna disse...

Menina você tem toda razão, levar a vida por sorte é deixá-la ao acaso... Td que nos acontece é efeito do nosso esforço...


Beijos querida e muito obrigada pelo voto hein!



Bjussss

Anônimo disse...

Sim é muito comum o termo suerte que acho poderíamos traduzir meio que por sucesso na sua empreitada...
Não acho devemos interpretar como ter sorte apenas e isto é suficiente na vida, mas eu com 50 anos de idade posso dizer que a sorte ajuda e muito algumas vezes....
Prefiro muito mais sejar sortea alguém do que dizer: vai com Deus, pois se isso ajudasse ninguem que andasse com santinho morria em um acidente!
Abs